DEMISSÃO POR JUSTA CAUSA

A demissão por justa causa acontece quando o empregado é desligado da empresa por ter violado regras e ordens de forma grave, encerrando a relação com o empregador.


Essa penalização, como o próprio termo “demissão por justa causa” indica, não acontece sem motivo.


Ainda, é importante saber quais direitos precisam ser respeitados.


Isso porque, diferentemente do que se pode imaginar, a justa causa não implica que o funcionário deva deixar a empresa sem receber qualquer verba rescisória.


A demissão por justa causa é um recurso previsto como direito do empregador garantido pelo artigo 482 da Consolidação das Leis do Trabalho Esse tipo de desligamento costuma gerar muitas dúvidas para empregadores e empregados.


Algumas atitudes como vazar informações confidenciais, lesar a empresa e agir de forma indisciplinada e insubordinada são algumas delas, mas há muitas outras.


Nós do escritório Longo & Nunes advogados associados reiteradamente somos procurados para dar consultoria sobre tal temática, tanto para trabalhadores quanto para empresários. Nesse tipo de situação, avaliamos o caso e observamos o ponto que podemos trabalhar para utilizar os meios jurídicos viáveis para ajudar o nosso cliente na resolução daquele problema.


Portanto, você trabalhador e você empresário, fique atento aos seus direitos e procure um profissional especializado para não ter prejuízos futuros referente a modalidade da demissão por justa causa, principalmente quando a validade jurídica da justa causa é discutida em juízo.


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2020 por Luis Longo Advogados. Orgulhosamente criado por A Voz do Direito

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean
  • LinkedIn Clean